Espirando-se!

Essas são algumas fotos da espiral de ervas medicinais que o MAE construiu recentemente em frente a sede das representações estudantis.
A espirial de ervas é um elemento que está se tornando cada vez mais presente nos jardins contemporâneos. O formato espiralado é um padrão freqüente na natureza, encontrado desde os pequenos embriões de sementes de cebola até mesmo nas constelações. As espirais respeitam as curvas naturais, são muito decorativas e inserem-se harmoniosamente nos jardins, integrando as pessoas com o meio-ambiente.
As espirais propiciam a criação de diversos microclimas em um pequeno espaço, para o cultivo de plantas com necessidades diversas. No alto da espiral geralmente temos um ambiente mais seco e ensolarado, próprio para alecrim, lavanda, babosa, entre outras plantas adaptadas a essas condições. No percurso curvo até a base, podemos ter cantinhos sombreados e mais úmidos, para plantas mais exigentes como tomate, moranguinho, malva, cebolinha, salsa, etc. Na base, que pode terminar ao nível do solo, podemos plantar espécies apreciadoras de umidade, como manjericão, tomilho.
O mais importante numa espiral é que todas as ervas, desde o topo até a base, estejam ao alcance das mãos. O material indispensável à contrução das espirais é barato e fácil de encontrar. Sua estrutura pode ser feita com pedras, tijolos, bambú, pequenas toras de madeira, ou o que sua criatividade sugerir. Como vocês podem ver, a nossa foi feita com paralelepípedos.
Uma boa cobertura morta foi colocada para manter a umidade e proteger da erosão no início. Colocamos grama seca e folhagem seca com material em decomposição de um pinheiro que está na Praça dos Ex-Alunos. Colocamos também algumas pinhas do deste pinheiro; elas quando estão em uma boa umidade fecham-se, indicando quando o solo ou a palhada já estão molhados.
Quem passar agora pela sede das representações estudantis do CCA pode ver  o crescimento de nossas plantinhas. À noite algumas também exalam um aroma muito agradável. Nós já temos boldo, erva cidreira, capim-santo, babosa, alfavaca, alecrim, bom-dia, hortelã e algumas que não identificamos ainda… O boldo, por exemplo, já está bem vigoroso. E logo teremos muitas ervas a disposiçãos dos estudantes do CCA.

Clique aqui e construa a sua!

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Adler Targino Francini
    jun 08, 2010 @ 19:31:38

    Bela iniciativa por parte de todos os maieir@os, de forma Freireana vamos fortificando cada vez mais este alicerce do conhecimento pleno.

    Parabéns para TOD@S pela iniciativa, vamos continuar copiando a sábia Natureza!

    “Juntos somos um”

    Ahô

    Responder

  2. Trackback: Permacultura « Bdiario's Weblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Olha nós no…

e no…

Paraibanês

Paraibano não fica solteiro... ele fica solto na bagaceira!
Paraibano não vai com sede ao pote... ele vai com a bixiga taboca!
Paraibano não vai embora... ele vai pegá o beco!
Paraibano não diz 'concordo com vc' ... ele diz 'Né isso, homi!!!!'
Paraibano não conserta... ele Imenda!
Paraibano não bate... ele 'senta-le'a mãozada!
Paraibano não sai pra confusão... ele sai pro 'muído'!
Paraibano não bebe um drink... ele toma uma!
Paraibano não é sortudo... ele é cagado!
Paraibano não corre... ele dá uma carrera!
Paraibano não brinca... ele manga!
não toma água com açúcar... ele toma garapa!
não engana... ele dá um migué!
não percebe... ele dá fé
não vigia as coisas... ele pastora!
não sai apressado... ele sai desembestado!
não aperta... ele arroxa!
não usa zíper... usa 'riri'!
não dá volta... ele arrudêia!
não espera um minuto... ele espera um pedaço!
não é distraído... ele é avoado!
não fica encabulado... ele fica todo errado!
não passa a roupa... ele engoma a roupa!
não ouve barulho... ele ouve zuada!
não rega as plantas... ele 'agoa' as plantas
não é esperto... ele é desenrolado!
não é rico... ele é estribado!
não é homem... ele é macho !
não diz tu ouviste? , ele diz vice?
não diz vamos embora ele diz bora!
não grita de espanto ele diz oxe!
não se impressiona, só diz vôte!
não diz não, diz nã!

Ô orgulho réi besta!!!

Clique no símbolo e veja mais fotos do Movimento

%d blogueiros gostam disto: