Emater estimula produção agroecológica na agricultura familiar

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-PB) está empenhada em expandir o cultivo agroecológico na Paraíba, como forma de proporcionar uma produção de alimentos saudáveis, sem agredir o meio ambiente e elevar a renda familiar.  Para tanto, nesta quarta-feira (20), aconteceu na comunidade Pernambuquinho a quarta versão do Primeiro Circuito de Oficinas Agroecológicas, promovido pelo Escritório Regional da Emater de Itabaiana.
Essa iniciativa, que também é desenvolvida em outras regiões do Estado, segue orientação da Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca. A programação deste ano na região começou em fevereiro com o evento no município de Caldas Brandão. O segundo encontro aconteceu em Itabaiana no mês de março e o seguinte, também no mês passado, em São Miguel de Itaipu. O Circuito, que aborda a agroecologia e tem por finalidade a preservação como parceira da produção na agricultura familiar, será encerrado na Comunidade Pau d’Alho, no município de São José dos Ramos, em data a ser definida.
Segundo Paulo Emilio, coordenador regional da Emater em Itabaiana, a proposta é treinar os agricultores familiares para agir de forma segura e consistente na produção agrícola, trazendo a garantia de sustentabilidade ambiental, econômica, produtiva, social e cultural.  “Com isso, é possível se criar hábitos alimentares que não prejudiquem a saúde do consumidor. A transição agroecológica é uma das prioridades da Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pnater)”, comentou.
Nos encontros, os produtores constroem a conceituação agroecológica sobre as técnicas e manejos alternativos no processo de transição agroecoloógicos e tomam conhecimento de outras experiências vividas pelos agricultores locais e de outras regiões. Os participantes também visitam as unidades produtivas próximas do local de cada evento.
Na região de Itabaiana, cerca de 50 famílias agricultoras trabalham com hortas agroecológicas coletivas, com a criação e manejo de pequenos animais em sistema agroecológicos, a comercialização coletiva dos produtos, além da orientação para a sistematização e interligação das várias atividades nas unidades familiares.
Depois de conscientizar as famílias agricultoras diretamente envolvidas, o passo seguinte é atrair mais adeptos ao sistema agroecológico, conforme o extensionista rural da Emater, Ricardo Farias, responsável técnico pelo programa.  A equipe técnica que trabalha com esse programa é formada por Manuela Bezerra e Eidy Simões. “Já é proposta aprovada pela diretoria da Emater elaborar um plano regional de desenvolvimento agroecológico”, disse.

Fonte: Governo da Paraíba

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Olha nós no…

e no…

Paraibanês

Paraibano não fica solteiro... ele fica solto na bagaceira!
Paraibano não vai com sede ao pote... ele vai com a bixiga taboca!
Paraibano não vai embora... ele vai pegá o beco!
Paraibano não diz 'concordo com vc' ... ele diz 'Né isso, homi!!!!'
Paraibano não conserta... ele Imenda!
Paraibano não bate... ele 'senta-le'a mãozada!
Paraibano não sai pra confusão... ele sai pro 'muído'!
Paraibano não bebe um drink... ele toma uma!
Paraibano não é sortudo... ele é cagado!
Paraibano não corre... ele dá uma carrera!
Paraibano não brinca... ele manga!
não toma água com açúcar... ele toma garapa!
não engana... ele dá um migué!
não percebe... ele dá fé
não vigia as coisas... ele pastora!
não sai apressado... ele sai desembestado!
não aperta... ele arroxa!
não usa zíper... usa 'riri'!
não dá volta... ele arrudêia!
não espera um minuto... ele espera um pedaço!
não é distraído... ele é avoado!
não fica encabulado... ele fica todo errado!
não passa a roupa... ele engoma a roupa!
não ouve barulho... ele ouve zuada!
não rega as plantas... ele 'agoa' as plantas
não é esperto... ele é desenrolado!
não é rico... ele é estribado!
não é homem... ele é macho !
não diz tu ouviste? , ele diz vice?
não diz vamos embora ele diz bora!
não grita de espanto ele diz oxe!
não se impressiona, só diz vôte!
não diz não, diz nã!

Ô orgulho réi besta!!!

Clique no símbolo e veja mais fotos do Movimento

%d blogueiros gostam disto: