Variedades de sementes locais da Borborema são lançadas em evento no Brejo paraibano

Famílias agricultoras que trabalham o armazenamento das sementes da paixão, através de bancos de sementes familiares e comunitários, e entidades assessoras do movimento da agricultura agroecológica do Pólo da Borborema se reuniram para o lançamento do programa de sementes da paixão que aconteceu na última quarta-feira(11/04), na estrutura destinada ao Banco mãe de sementes, em Lagoa Seca, Brejo paraibano.
O evento contou com participação de representações da SEDAP, Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca; Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário do MDA, Conab dentre outras e representou espaço expositivo e de reivindicação já que está fazendo um ano, neste mês de abril, que o governo paraibano se comprometeu em finalizar a obra construída com recursos do MDA e até agora não finalizou a obra conforme negociado com a agricultura familiar regional.
“A agricultura familiar está na agenda do governo do Estado da Paraíba, é prioritária dentro do processo de desenvolvimento do nosso estado, o governador Ricardo Coutinho a partir de todas as suas secretarias tem uma unificação que envolve a agricultura familiar e, no que se trata de sementes, ainda existe um desafio enorme de conseguirmos consolidar a compra pelo governo do estado direto aos agricultores familiares que produzem sementes de qualidade, sementes adaptadas e nós acreditamos, enquanto governo, enquanto secretaria de desenvolvimento da agropecuária e da pesca, que é nesse ano de 2012 que essa compra ela será materializada”, explica o secretário da agricultura familiar do governo do estado, Alexandre Eduardo, ao justificar o que a agricultura chamou de contradição da distribuição de sementes feita pelo Governo Estadual e Federal acrescentando que as obras que não foram iniciadas conforme o prometido pelo governador Ricardo Coutinho desde o ano passado terão início em breve já que os trâmites legais estão sendo finalizados.
Para o coordenador do Pólo Sindical da Borborema, Nelson Anacleto, o trabalho significa o lançamento de uma dinâmica que existe em todo o Território da Borborema onde entidades e agricultores têm investido fortemente no resgate, valorização e fortalecimento da diversidade de sementes tradicionalmente trabalhadas em toda a região e que passam a ser ameaçadas com a entrada de sementes produzidas por empresas já que tiram a condição de se trabalhar a diversidades de culturas que são trabalhadas pelas famílias.
Ao dialogar com Stúdio Rural o agricultor Luiz Pereira de Sousa, residente na comunidade Salgado do Sousa, em Solânea, disse que esse foi mais uma oportunidade para se mostrar a existência abundante de sementes trabalhadas em toda a região, fazendo com que as famílias se motivem em utilizar suas variedades e cobrem dos governantes que valorizem a cultura local com respeito as práticas regionais. “É porque nós temos uma sementes aqui de nossos tataravós, sementes de cem ou cento e tantos anos e é uma semente que dá com pouca chuva, uma semente de qualidade, uma semente que dá saúde a todo consumidor que consome e é uma semente que não podemos deixar que daqui a cem ou duzentos anos essas sementes saíam de nossa região porque é uma semente adaptada ao solo, ao clima e é uma semente bem preparada e bem guardada por nós agricultores porque nós temos muito amor por essas sementes da paixão”, explica aquele agricultor ao dialogar com os ouvintes das emissoras parceiras.
Sousa comentou que a falta da conclusão da obra destinada ao Banco mão de sementes traz uma grande preocupação para os componentes da agricultura familiar local porque antes do governador ser eleito ele fez a promessa, em seguida voltou ao local pra fazer inauguração inicial com mais uma promessa de conclusão sem que nada tenha sido feito até o momento. “Em nome da agricultura familiar, pedimos ao senhor governador que nos apóie, apóie essa semente porque já foi promessa do governador e esse é um canto adequado pra nós guardar essa semente porque é um local bastante adaptado para guardar essa semente”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Olha nós no…

e no…

Paraibanês

Paraibano não fica solteiro... ele fica solto na bagaceira!
Paraibano não vai com sede ao pote... ele vai com a bixiga taboca!
Paraibano não vai embora... ele vai pegá o beco!
Paraibano não diz 'concordo com vc' ... ele diz 'Né isso, homi!!!!'
Paraibano não conserta... ele Imenda!
Paraibano não bate... ele 'senta-le'a mãozada!
Paraibano não sai pra confusão... ele sai pro 'muído'!
Paraibano não bebe um drink... ele toma uma!
Paraibano não é sortudo... ele é cagado!
Paraibano não corre... ele dá uma carrera!
Paraibano não brinca... ele manga!
não toma água com açúcar... ele toma garapa!
não engana... ele dá um migué!
não percebe... ele dá fé
não vigia as coisas... ele pastora!
não sai apressado... ele sai desembestado!
não aperta... ele arroxa!
não usa zíper... usa 'riri'!
não dá volta... ele arrudêia!
não espera um minuto... ele espera um pedaço!
não é distraído... ele é avoado!
não fica encabulado... ele fica todo errado!
não passa a roupa... ele engoma a roupa!
não ouve barulho... ele ouve zuada!
não rega as plantas... ele 'agoa' as plantas
não é esperto... ele é desenrolado!
não é rico... ele é estribado!
não é homem... ele é macho !
não diz tu ouviste? , ele diz vice?
não diz vamos embora ele diz bora!
não grita de espanto ele diz oxe!
não se impressiona, só diz vôte!
não diz não, diz nã!

Ô orgulho réi besta!!!

Clique no símbolo e veja mais fotos do Movimento

%d blogueiros gostam disto: