Variedades de sementes locais da Borborema são lançadas em evento no Brejo paraibano

Famílias agricultoras que trabalham o armazenamento das sementes da paixão, através de bancos de sementes familiares e comunitários, e entidades assessoras do movimento da agricultura agroecológica do Pólo da Borborema se reuniram para o lançamento do programa de sementes da paixão que aconteceu na última quarta-feira(11/04), na estrutura destinada ao Banco mãe de sementes, em Lagoa Seca, Brejo paraibano.
O evento contou com participação de representações da SEDAP, Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca; Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário do MDA, Conab dentre outras e representou espaço expositivo e de reivindicação já que está fazendo um ano, neste mês de abril, que o governo paraibano se comprometeu em finalizar a obra construída com recursos do MDA e até agora não finalizou a obra conforme negociado com a agricultura familiar regional.
“A agricultura familiar está na agenda do governo do Estado da Paraíba, é prioritária dentro do processo de desenvolvimento do nosso estado, o governador Ricardo Coutinho a partir de todas as suas secretarias tem uma unificação que envolve a agricultura familiar e, no que se trata de sementes, ainda existe um desafio enorme de conseguirmos consolidar a compra pelo governo do estado direto aos agricultores familiares que produzem sementes de qualidade, sementes adaptadas e nós acreditamos, enquanto governo, enquanto secretaria de desenvolvimento da agropecuária e da pesca, que é nesse ano de 2012 que essa compra ela será materializada”, explica o secretário da agricultura familiar do governo do estado, Alexandre Eduardo, ao justificar o que a agricultura chamou de contradição da distribuição de sementes feita pelo Governo Estadual e Federal acrescentando que as obras que não foram iniciadas conforme o prometido pelo governador Ricardo Coutinho desde o ano passado terão início em breve já que os trâmites legais estão sendo finalizados.
Para o coordenador do Pólo Sindical da Borborema, Nelson Anacleto, o trabalho significa o lançamento de uma dinâmica que existe em todo o Território da Borborema onde entidades e agricultores têm investido fortemente no resgate, valorização e fortalecimento da diversidade de sementes tradicionalmente trabalhadas em toda a região e que passam a ser ameaçadas com a entrada de sementes produzidas por empresas já que tiram a condição de se trabalhar a diversidades de culturas que são trabalhadas pelas famílias.
Ao dialogar com Stúdio Rural o agricultor Luiz Pereira de Sousa, residente na comunidade Salgado do Sousa, em Solânea, disse que esse foi mais uma oportunidade para se mostrar a existência abundante de sementes trabalhadas em toda a região, fazendo com que as famílias se motivem em utilizar suas variedades e cobrem dos governantes que valorizem a cultura local com respeito as práticas regionais. “É porque nós temos uma sementes aqui de nossos tataravós, sementes de cem ou cento e tantos anos e é uma semente que dá com pouca chuva, uma semente de qualidade, uma semente que dá saúde a todo consumidor que consome e é uma semente que não podemos deixar que daqui a cem ou duzentos anos essas sementes saíam de nossa região porque é uma semente adaptada ao solo, ao clima e é uma semente bem preparada e bem guardada por nós agricultores porque nós temos muito amor por essas sementes da paixão”, explica aquele agricultor ao dialogar com os ouvintes das emissoras parceiras.
Sousa comentou que a falta da conclusão da obra destinada ao Banco mão de sementes traz uma grande preocupação para os componentes da agricultura familiar local porque antes do governador ser eleito ele fez a promessa, em seguida voltou ao local pra fazer inauguração inicial com mais uma promessa de conclusão sem que nada tenha sido feito até o momento. “Em nome da agricultura familiar, pedimos ao senhor governador que nos apóie, apóie essa semente porque já foi promessa do governador e esse é um canto adequado pra nós guardar essa semente porque é um local bastante adaptado para guardar essa semente”.

Prefeito assina contrato com a Caixa Econômica para revitalização do Parque do Quebra em Areia

Projeto Básico do arquiteto paraibano Marcos Santana, orçado em cerca de 5 Milhões e meio de reais. 

Prefeitura Municipal de AreiaO prefeito da cidade de Areia, no Brejo da Paraíba, médico Élson da Cunha Lima Filho – Dr. Elsinho anunciou em um programa de rádio local que a tão sonhada e almejada revitalização do Parque do Quebra, será executada na sua administração. O prefeito informou que o contrato de repasse dos recursos na ordem de R$ 5.450,258 (cinco milhões quatrocentos e cinqüenta mil e duzentos e cinqüenta e oito reais) já foi assinado com a Caixa Econômica, na semana passada em João Pessoa. 

 O projeto de revitalização do Parque do Quebra é um dos projetos contemplados com recursos do Pac das Cidades Históricas, lançado em 28 de agosto pelo Governo Federal para restaurar e conservar o rico Patrimônio Histórico do Brasil e deverá injetar R$ 150 milhões por ano em 124 cidades históricas. A cidade de Areia – primeira da Paraíba reconhecida como Patrimônio Nacional da Cultura – é uma das que serão contempladas com recursos do PAC. “É uma iniciativa inédita tanto pela criação de uma política urbana com objetivos bem definidos e respeito ao Patrimônio Histórico e pela cultura dessas cidades. É preciso realizar uma gestão do patrimônio cultural como elemento estratégico para o desenvolvimento social”, disse a Chefe de Gabinete da Prefeitura de Areia a engenheira Karla Cunha Lima Viana. Ainda segundo Karla, a cidade de Areia cumpriu todas as etapas desde a elaboração dos projetos, capacitação de Técnicos envolvidos na elaboração do Plano de Ação em Brasília e a realização das plenárias populares com os munícipes na Câmara Municipal.
O projeto arquitetônico básico do arquiteto e professor Marcos Santana prevê um pórtico de entrada, um mirante, uma unidade administrativa, vestiários, salão multiuso para eventos e jogos, a restauração da fonte do Quebra, os lagos serão desassoriados e revitalizados, terão trilhas ecológicas com paradas para descanso, será feita a drenagem pluvial de toda área de 12 hectares, além de toda recuperação ambiental com contenção de encostas e plantio de mudas de árvores nativas, o parque será todo iluminado e também terá a instalação de um parque infantil, dentre outros serviços estruturantes, tais como a questão sanitária.
O prefeito Élson da Cunha Lima Filho disse que esta é uma obra muito importante, não só para a cidade de Areia, mas para todo o brejo da Paraíba. “Tenho certeza que a revitalização do Parque do Quebra será um divisor de águas na nossa região e irá transformá-lo em um dos maiores pontos turísticos do nosso Estado, alavancando ainda mais o turismo na nossa cidade. Gostaria de dividir toda essa alegria e destacar a importância das parcerias entre a Prefeitura Municipal de Areia, o IPHAN, Ponto de Cultura e AMAR, que foram parceiros importantes nessa conquista”, destacou Dr. Elsinho

A História do “Quebra”: Fonte Sedutora de Areia

 Dentre as vertentes e encostas do município, destaca-se, em plena zona urbana, o “Sitio Quebra”, uma nascente de águas cristalinas que serpenteia na depressão geográfica do sítio homônimo, que já no início do século XVIII chamava a atenção dos moradores da cidade que ali se dirigiam para tomar banho e também para prover o consumo residencial de água. A descida pela ladeira íngreme fez com que o local passasse a ser conhecido inicialmente como “Sítio do Quebra Pote” e posteriormente por “Sítio Quebra”.
A construção do “Banho do Quebra” foi iniciada em 1885, sem dispêndio financeiro do poder público. A obra foi idealizada pelo maestro Tristão Granjeiro de Almeida e Melo (tio de Pedro Américo) que mobilizou a comunidade com a realização de Festivais no Teatro Recreio, atual Teatro Minerva, para arrecadar fundos para a construção do Banho. A mobilização foi tanta que elementos da sociedade areiense, com entusiasmo, auxiliavam os operários na construção da obra, que foi inaugurada no dia 1º de janeiro de 1886.
Narra o escritor Horácio de Almeida no livro História da Paraíba, que a inauguração aconteceu com festa tendo Tristão Granjeiro desfilado pelas ruas da cidade com a Banda da Fênix, acompanhado de autoridades e famílias rumando depois com todo o cortejo para o “Sítio Quebra”. Ali houve discursos e uma girândola de 200 dúzias de foguetes. Tristão Granjeiro entusiasmado com o acontecimento passou o dia a reger sua orquestra e a se banhar quase continuamente no “Quebra”.
O “Banho do Quebra” se tornou um local de encontro das famílias e posteriormente um ponto turístico com visitas de pessoas que para lá se deslocavam em busca de um banho saudável, bastante frio e com água cristalina.
Em 1975, na administração do prefeito Élson da Cunha Lima, pai do atual prefeito, ao completar o seu 1º Centenário o “Banho do Quebra” foi reformado e ampliado com a construção de uma Quadra de Esportes e uma Churrascaria, sendo denominado o local de “Parque Recreativo Eleonora Apratto Perazzo” (em homenagem a avó materna de Dr. Elsinho, que era italiana). Também sua via de acesso foi calçada.
Na década de 80, tem início a decadência do “Quebra”, ocasionado principalmente pela falta de esgotamento sanitário da região próxima que resultou na poluição de suas águas e por fim o completo abandono do complexo.
O abandono levou não só a deterioração das suas edificações, mas também ao uso inadequado do solo com a instalação de moradias em condições subumana.
Ciente da importância do “Sitio Quebra” para a cidade de Areia, não sópela sua referencia histórica, mas também pelas questões ambientais e as novas oportunidades que o turismo vem trazendo para a cidade, a Prefeitura Municipal, com recursos do Pac das Cidades Históricas irá revitalizar o Quebra, tornando-o uma alternativa de lazer para a comunidade, bem como um atrativo turístico para a cidade aliado à necessária proteção do meio ambiente.

 Fonte: Site da Prefeitura

Curso de Trilhas Ecológicas será realizado em Areia

Estão abertas as inscrições para o Curso de Caminhada e Trilhas Ecológicas que será realizado na cidade de Areia. O Curso consta na programação assuntos ligados ao turismo rural, aventura, ecológico, planejamento e formatação de trilhas, estudo de impactos, análise e controle de riscos, geoprocessamento e cartografia. O Curso é uma promoção da Prefeitura Municipal de Areia através da Secretaria de Turismo e Eventos em parceria com o Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Sindicato dos Produtores Rurais de Areia e Centro de Ciências Agrárias.

O Curso será ministrado pela empresa Irmãos em Trilhas. O Técnico em Turismo Silvio Porto disse que a cidade de Areia é uma das mais importantes do Nordeste e possui uma vocação natural para trilhas ecológicas e caminhadas.

As inscrições são realizadas na Secretaria de Turismo e Eventos localizado no Solar José Rufino no centro de Areia.

Areia realizou Dia Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural

Prestigiadíssimo foi o Dia Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural realizado em Areia na última sexta feira dia 9. A Prefeitura Municipal de Areia e parceiros como EMATER, INCRA, Câmara Municipal, Projeto Cooperar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associações, CMDRS (Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável), Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Agentes Comunitários de Saúde e Universidade Federal da Paraíba, prepararam um grande evento visando à promoção da cidadania, para recepcionar as agricultoras e os agricultores oriundos de todos os recantos do município.
O evento aconteceu nas dependências da UFPB e pode-se dizer que foi um sucesso. As agricultoras e os agricultores atenderam aos chamados realizados nas emissoras de radio local, nas sedes das associações e diversas instituições e prestigiaram esse dia, que foi preparado especialmente para eles, pessoas que contribuem com o desenvolvimento da nossa cidade, do nosso Estado e do nosso País através da agricultura familiar.
Para as agricultoras e agricultores que residiam em localidades mais distantes, a prefeitura municipal disponibilizou veículos que apanhou os mesmos nas sedes dos Distritos. Na abertura dos trabalhos o auditório estava lotado e cada um dos parceiros teve a oportunidade de levar a sua palavra de incentivo, apoio e agradecimento as trabalhadoras e trabalhadores rurais do município.
Aos beneficiários foram garantidos: Registro de Nascimento, carteirinhas do sindicato dos trabalhadores rurais atestando a condição de agricultor ou agricultora, atendimento com a Defensoria Pública do Estado esclarecendo casos de divorcio, reconhecimento de paternidade, pensão alimentícia, união estável e outras pendências jurídicas, com os representantes dos bancos oficiais obtiveram informações sobre linhas de credito como Agroamigo, Pronaf, Pronaf mulher, recadastramento e atualização de cadastro. Na ocasião os trabalhadores que fazem a agricultura familiar tiveram acesso também, ao que vem sendo desenvolvido na universidade para melhorar a vida do agricultor.
Segundo o Secretário de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente de Areia, Irisvaldo Nascimento, representantes do INCRA teriam lhe confidenciado que este evento realizado em Areia, talvez tenha sido o mais exitoso realizado na região, pois cada um dos parceiros fez a sua parte para o êxito do evento e o resultado foi a presença dos agricultores surpreendendo as expectativas.
Para o prefeito Elson da Cunha Lima Filho o Dr Elsinho ações como essas realizadas na cidade de Areia em outros municípios da região visam estreitar a relação entre as agricultoras e os agricultores e as diversas instituições. Ainda segundo o prefeito, a sua administração será sempre parceira, não só das instituições, mas das associações, conselhos e sindicatos que representam e atendem aos anseios das trabalhadoras e dos trabalhadores que fazem a agricultura familiar do município.

Nelson Almeida
Diretor de Imprensa
Fonte: http://areia.pb.gov.br/?pg=noticia&id=736

Curso de Oficina em Rádio será realizado em Areia

A Prefeitura da Cidade de Areia através da Secretaria de Turismo e Eventos promove em parceria com a Universidade Estadual da Paraíba Curso de Comunicação Social o Projeto de Capacitação de Recursos Humanos nas Rádios Comunitárias do Estado da Paraíba e Novas Formas de Protagonismo e Participação Social e Cultural. O projeto acontecerá no auditório da Emater nos dias 30 de abril, 01 e 02 de maio.

O Estado da Paraíba conta com a existência de mais cem rádios comunitárias. A programação dessas emissoras ainda está longe de cumprir os reais objetivos e conteúdos culturais dos municípios.

O Curso tem como objetivo capacitar os segmentos que atuam e que ouvem essas emissoras e a sociedade em geral. Várias são as criticas feitas quanto ao nível da programação das emissoras divulgando o que existe de pior na música brasileira. Segundo pesquisas é o Rádio ainda o principal veiculo de informação e de maior alcance e aceitação junto ao público.

“Sou jornalista e nossa preocupação é buscar alternativas para que todos os envolvidos com rádio possam conhecer as funções sociais, educativas e culturais no processo da construção da cidadania”, destaca o Secretário de Turismo e Eventos da Cidade de Areia Ney Vital.

Fonte: PortalMidia.net

Alagoa Grande:Acidente entre ônibus deixa um morto e 20 feridos

Um choque frontal entre dois ônibus da Viação São José deixou um morto e vários feridos por volta das 14h desta sexta-feira (10), na rodovia PB 079, que liga as cidades de Alagoa Grande e Areia. A vítima fatal é o motorista de um dos ônibus, José Severino Júnior, de 53 anos que viajava no sentido Areia/Alagoa Grande. Depois  de mais de uma hora agonizando ele foi retirado, pelo Corpo de Bombeiros, das ferragens ainda com vida, mas morreu a caminho do hospital.

O deslizamento de uma barreira, na rodovia, teria  feito  o motorista que viajava no sentido Alagoa Grande/Areia desviar indo para a contra mão e provocado o acidente, conforme informações repassadas à nossa reportagem.

As informações são de que aproximadamente 20 pessoas ficaram feridas. Os deslizamentos foram provocados pelas  chuvas caídas naquela região.

Várias viaturas de resgate do corpo de bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e SAMU foram utilizadas para socorrer os acidentados e levá-los para os hospitais mais próximos; hospital Regional de Guarabira e Antonio Targino em Campina Grande. As pessoas que apresentavam pequenos ferimentos foram levados para Alagoa Grande.

O motorista do outro ônibus Severino Lúcio Camilo da Silva, de 36 anos, teve ferimentos graves e está na Unidade de Tratamento Intensivo do Antonio Targino.

Clique aqui e veja as fotos.

Olha nós no…

e no…

Paraibanês

Paraibano não fica solteiro... ele fica solto na bagaceira!
Paraibano não vai com sede ao pote... ele vai com a bixiga taboca!
Paraibano não vai embora... ele vai pegá o beco!
Paraibano não diz 'concordo com vc' ... ele diz 'Né isso, homi!!!!'
Paraibano não conserta... ele Imenda!
Paraibano não bate... ele 'senta-le'a mãozada!
Paraibano não sai pra confusão... ele sai pro 'muído'!
Paraibano não bebe um drink... ele toma uma!
Paraibano não é sortudo... ele é cagado!
Paraibano não corre... ele dá uma carrera!
Paraibano não brinca... ele manga!
não toma água com açúcar... ele toma garapa!
não engana... ele dá um migué!
não percebe... ele dá fé
não vigia as coisas... ele pastora!
não sai apressado... ele sai desembestado!
não aperta... ele arroxa!
não usa zíper... usa 'riri'!
não dá volta... ele arrudêia!
não espera um minuto... ele espera um pedaço!
não é distraído... ele é avoado!
não fica encabulado... ele fica todo errado!
não passa a roupa... ele engoma a roupa!
não ouve barulho... ele ouve zuada!
não rega as plantas... ele 'agoa' as plantas
não é esperto... ele é desenrolado!
não é rico... ele é estribado!
não é homem... ele é macho !
não diz tu ouviste? , ele diz vice?
não diz vamos embora ele diz bora!
não grita de espanto ele diz oxe!
não se impressiona, só diz vôte!
não diz não, diz nã!

Ô orgulho réi besta!!!

Clique no símbolo e veja mais fotos do Movimento