II SEMINARIO PIAUIESE DE AGROECOLOGIA

JÁ ESTAR DISPONÍVEL O SITE II SEMINÁRIO PIAUIENSE DE AGROECOLOGIA

(www.cajui.org.br/seminario)

Para inscrição no evento, programação, inscrição em minicurso e envio de trabalho cientifiico ou experiencia agroecológica. O evento acontecerá de 16 a 19 de Agosto de 2012 no município de Esperantina – PI.

Em decisão da plenária do I Seminário Piauiense de Agroecologia a segunda edição do evento será realizada em Esperantina em agosto do corrente ano. Tal decisão foi tomada para que os Seminários Piauienses acontecessem em anos alternados ao Congresso Brasileiro de Agroecologia, portanto, bienalmente.

Na região de Esperantina, conhecida como matas dos cocais pratica-se agricultura de subsistência, em geral itinerante, também conhecida como agricultura migratória ou de derrubada e queima. É um método tradicional de cultivo de culturas anuais, perenes e a pecuária bovina, caprina e ovina. Em muitas áreas, a prática da derrubada da vegetação nativa acontece no período de seca e a queima é realizada antes das primeiras chuvas. O plantio é realizado de forma consorciada ou em monocultivos utilizando-se espécies como o milho, feijão, mandioca e hortaliças, aproveitando as cinzas da queimada como adubo. A agricultura na região é de baixa produtividade, dependente do uso intensivo mão-de-obra familiar, sendo o tempo de uso do solo reduzido. Esse tipo de agricultura, concentrada em pequenas áreas, vem causando danos ao meio ambiente, limitando os estoques naturais de nutrientes e de diversidade genética de plantas e animais.

A discussão sobre a importância e o papel da agricultura familiar no desenvolvimento brasileiro vem ganhando força nos últimos anos, impulsionada pelo debate sobre desenvolvimento sustentável, geração de emprego e renda, segurança alimentar e desenvolvimento local. Deste modo, a preocupação se dá não só com a quantidade de alimentos produzidos e com a segurança alimentar, mas também com a falta de condições mínimas para atendimento de outras necessidades básicas individuais e coletivas, as quais, associadas a outros fatores, favorecem a vigência dos graves indicadores sociais e da exclusão social da população. 

Na busca do desenvolvimento sustentável do meio rural, produtoras e produtores rurais do estado do Piauí, a exemplo de outros tantos no Brasil e no mundo, buscaram pôr em prática conceitos e técnicas das agriculturas de base ecológica, sendo exemplos às fruticultoras e fruticultores do Perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos do Piauí com seiscentos hectares de produção orgânica certificada, as associadas e associados da Associação dos Ovincaprinocultores de Esperantina – AOVICAPRE, das produtoras e produtores da Associação dos Cajucultores do Vale do Longá – ACVL, das agricultoras e agricultores familiares da comunidade da Lagoa do Riacho no município de Luiz Correia, das lavradoras e lavradores dos diversos Assentamentos da reforma agrária existentes na região, das centenas de trabalhadoras e trabalhadores rurais, em vários municípios do estado, beneficiados no âmbito do projeto Produção Agroecológica Integrada Sustentável. 

Dessa forma, visando proporcionar a consolidação do evento realizar-se-á o II Seminário Piauiense de Agroecologia, sendo este uma oportunidade ímpar de promover um grande diálogo de saberes que possibilitará alavancar o desenvolvimento de novas pesquisas e experiências no âmbito da agricultura sustentável, bem como, conquistar novos defensores da agroecologia. 

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. asdf21@homail.com
    mar 16, 2012 @ 12:26:25

    Serar um grande evento, a organização do I Semiário esta de parabens
    EJAGRO,UESPI e CAJUÍ

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Olha nós no…

e no…

Paraibanês

Paraibano não fica solteiro... ele fica solto na bagaceira!
Paraibano não vai com sede ao pote... ele vai com a bixiga taboca!
Paraibano não vai embora... ele vai pegá o beco!
Paraibano não diz 'concordo com vc' ... ele diz 'Né isso, homi!!!!'
Paraibano não conserta... ele Imenda!
Paraibano não bate... ele 'senta-le'a mãozada!
Paraibano não sai pra confusão... ele sai pro 'muído'!
Paraibano não bebe um drink... ele toma uma!
Paraibano não é sortudo... ele é cagado!
Paraibano não corre... ele dá uma carrera!
Paraibano não brinca... ele manga!
não toma água com açúcar... ele toma garapa!
não engana... ele dá um migué!
não percebe... ele dá fé
não vigia as coisas... ele pastora!
não sai apressado... ele sai desembestado!
não aperta... ele arroxa!
não usa zíper... usa 'riri'!
não dá volta... ele arrudêia!
não espera um minuto... ele espera um pedaço!
não é distraído... ele é avoado!
não fica encabulado... ele fica todo errado!
não passa a roupa... ele engoma a roupa!
não ouve barulho... ele ouve zuada!
não rega as plantas... ele 'agoa' as plantas
não é esperto... ele é desenrolado!
não é rico... ele é estribado!
não é homem... ele é macho !
não diz tu ouviste? , ele diz vice?
não diz vamos embora ele diz bora!
não grita de espanto ele diz oxe!
não se impressiona, só diz vôte!
não diz não, diz nã!

Ô orgulho réi besta!!!

Clique no símbolo e veja mais fotos do Movimento

%d blogueiros gostam disto: